7.1.08

Feliz Medo Novo

Medo. Muitas pessoas pedem paz, amor, felicidade, pinto, boceta, dinheiro et coetera no Ano Novo. Iniciam os segundos inaugurais de mais uma volta que a Terra vai dar em torno do Sol com aqueles pulinhos ridículos dados sobre uma das pernas pedindo qualquer coisa que seja.

Eu não pedi nada. Um emprego, talvez, no máximo. Eu sei que as coisas só dependem majoritariamente de nós mesmos, sendo que às vezes uma coisinha ou outra escapa de nosso controle (chamam isso de coincidência, milagre, Deus, que seja), mas o essencial é sermos obstinados em nossas metas.

Talvez por eu saber disso tenha sido agraciado (ora, por quem?) com algo do qual nem fiz menção de pedir. Algo que me preencheu com uma sensação que jamais havia sentido: a sensação de que alguém me teme.

Machiavelli com seu Príncipe já sabia muito bem se era melhor ser amado ou temido. Machiavelli sabia que por trás de tanta soberania, ostentação e bajulação, grassavam perversidades das mais irremediáveis nos nobres. Ele sabia, inclusive, que isso é com todo mundo, seja nobre ou pobre. Machiavelli sabia das coisas.

Eu já sou amado. Só faltava ser temido.

Álcool. Uma droga tolerada socialmente. A usamos. Saímos de carro (não façam isso). Podíamos ter morrido. Sobrevivemos.

Acontece que era 1º de Janeiro de 2008 e a euforia era, digamos, deveras grande. Mexíamos com as pessoas nas ruas, nos carros, nas motos, nos bares. Brincávamos com elas e comemorávamos mais uma volta da Terra ao redor do Sol.

Entretanto, um casal num fusca não entendeu muito bem nossa brincadeira, pois a mulher do cara que dirigia, ao perceber que emparelharia conosco no sinal fechado adiante, desatou a gritar desesperadamente para o marido acelerar. Furaram o sinal. Que coisa feia.

Aquilo me encheu da sensação de que havia falado a vocês. O que ela achara que éramos? Marginais? Bandidos? Estupradores? Seqüestradores? Fiscais da Receita?

Aquela mulher nos temia. E seu marido temia ela, pelo jeito.

O que eu poderia dizer de tudo isso? Foi horrorshow.

6 comentários:

Ice disse...

AiuhauIHAIUAhiuahiuahaiuahiauhaIUAhiuahiuHIUAHAIUHAIUHIAUHAiuhiauHAIUHIAuhaIHAiu
travei de rir... MUITO!
horrorshow foi a melhor..
teremos mais e mais noitadas desta XD
aUIAHAUIAHAIUHAIa
relaxa q o ice aqui é motorista de formula I
;x
AUIAhuiaHIUA
;* bengaaaaaaaaaa!
|cE

A_for_Anetta disse...

Medo eu teria se vc saisse pela janela UAUAHAUHAUAHUA Tem gente q tem medo de mim e eu nem sei pq x~

Mas foi demais! Horrorshow total!!!

=*********

Tyler Bazz disse...

Ou ela só não estava com paciência pra um bando de jovens querendo agitar auhahuauhauhauauh ;P

ma belle disse...

naum fiz pedidos
nem pulei com uma perna só

=/

droga!

Vanessa disse...

Eu estou aqui, rindo muito de uma frase que o Sr. acaba de proferir no MSN!

Deixa a Vanessa pegar os fofoletis?
DEIXA?
Obrigada!
aHAUuhaUIAHaiHHAU

Sobre o Post!

É BOM QUE QNDO EU FOR PARA RP VOCÊ FAÇA HORRORSHOW COMIGO!
[Opa! Desculpa, Ana!]

Eu passei o Ano novo de preto. Não pedi um pinto. Uma buceta. Paz. Amor. Pedi um surfista loirão!
X=

Vanessa disse...

Machiavelli foi gay pra caralho!