12.6.07

Um Utilitarismo Selvagem e o Reerguer de uma Estima

Não sejamos hipócritas: o mundo não é feito de anjos.

Há quem ainda esteja preso à noção religiosa do Céu na Terra ... mas eu sou um realista, como já disse, e acredito quase piamente no utilitarismo das coisas.

Quem nunca ouviu a expressão: "Deus e o Diabo habitam todo homem" ? Mesmo nos desenhos infantis, a moral sempre é tratada sob essa óptica do dualismo.

O dualismo me permite crer que muitas coisas apenas me são úteis e nada mais. No remorse.

Não é uma opção, é o ser humano como produto acabado. Alguém diga-me se o mundo todo não é assim!

Estamos todos aqui para perseguirmos nossos sonhos. Acontece que nem todos conhecem a palavra ética.

Acredito fielmente que estou me livrando de um sofrimento grande, somente agora.

Confiei, vivi, amei. E usei. Não esqueço disso jamais.

Depois, para me reerguer, usei mais ainda. Obrigado aos ombros que me sustentaram. Recompensá-los-ei no tempo devido.

Agora sorrio e sinto-me capaz de tudo! Novamente!

Finalmente!

Um comentário:

Victor el Temple disse...

E aqui encerro toda e qualquer referência ao passado recente.