10.2.07

Ambição, a virtude da Vida

Todos nós procuramos desenvolver alguma ambição na vida. Seja ela qual for, a ambição dá sentido e direção a uma vida, originando uma meta e, conseqüentemente, um motivo para a pessoa viver.

Nada mais harmonioso ao espírito humano do que essa máxima, visto que nossa essência básica é a luta. Através da luta, ocupamos nosso espaço na Natureza. E esse é o pensamento mínimo mais lógico que há em nossa mente. Algo como o instinto de sobrevivência que, sob a óptica da psicologia moderna, manifesta-se de diferentes formas no nosso cotidiano.

Esse post - diriam os leitores mais atentos desse blog, ainda que não passe de mim mesmo - contradiz completamente o que escrevi há alguns dias sobre sonhos (O sonho daqueles que não podem sonhar) .Mas digo agora que, depois da completa frustração, iluminei-me.

Um humano honrado deve ter uma meta. E cumprí-la é parte de uma missão que vai dar todo o valor à sua vida quando lembrarem do mesmo.

Eu decidi. E fiz isso baseado em tudo que me rodeia agora e de tudo que imagino para meu futuro. Voltando mais atrás nos meus posts, observa-se que não quero ser mais a Kicked Stone, tampouco a Swayed Stone. Logo mais, quando tiver forças o suficiente, serei a Explosive.

Triste é a vida daqueles que se sentem sem sentido. Não têm coragem entretanto para dar cabo de suas vidas, e isso é a prova da covardia. O melhor a fazer é trilhar um caminho, ou construí-lo.

Eu, um garoto seduzido pelo Direito e pelos mecanismos da Justiça, penso em trilhar aí mesmo meu caminho. Independente de como eu chegar lá, farei isso com certeza, e obterei respeito.

Quando estiver lá, vou fazer de tudo para aprimorar esse Poder no Brasil. Pois vemos que é falho, principalmente quando os noticiários nos mostram a morte de uma criança arrastada por bandidos enquanto estava presa ao cinto do carro e que tais crápulas não serão devidamente punidos.

É meu sonho transformar a Justiça num orgulho para os cidadãos. E dar a ela ares de Esquerda, uma vez que está inteiramente enlameada pelo sustento à Ditadura no Brasil. O social para mim sempre será o enfoque. E isso não é arrebalde de adolescente. É sonho de mente justiceira.

Uma inspiração? Subcomandante Marcos. Falo dele em uma futura postagem.

Pois bem. Está aqui, grafado virtualmente, minha resignação em servir o futuro com todo o altruísmo que puder. E quem me conhece sabe que farei isso.

Trust me.

Um comentário:

Victor the Stranger disse...

Quem confiar em mim vai ganhar um doce e um emprego, hehe.